Evora

“Os 502 anos dos Correios cruzam-se com a história de Portugal e onde Évora se evidencia” diz Pres. Da CM de Évora(c/som)

Entrevistas Escrito por  26 Out. 2022

Tal como a Rádio campanário noticiou, Évora recebe por estes dias a XXVII Exposição Filatélica Nacional, comemorativa dos 500 Anos do Correio em Portugal, numa organização da Confraria Timbrológica Meridional e da Federação Portuguesa de Filatelia, com os apoios dos CTT – Correios de Portugal SA e da Câmara Municipal de Évora.

Évora , intimamente ligada aos correios e à filatelia, já que o serviço postal, tal como o conhecemos, foi criado a 6 de novembro do ano de 1520 por D. Manuel I, na nossa cidade, quando nomeou Luís Homem como 1º Correio Mor do Reino.

A Rádio Campanário esteve presente na inauguração desta exposição e falou com Carlos Pinto de Sá, Presidente da CM de Évora sobre a importância deste momento.

O Autarca começou por nos dizer “é importante receber esta exposição aqui em Évora” justificando “em primeiro lugar porque há 502 anos o Rei D. Manuel iniciou os correios em Portugal atribuindo ao homem da sua confiança precisamente essa tarefa e portanto estar aqui 502 anos depois, ter uma exposição que comemora estes 500 anos, é uma honra para nós.”

Carlos Pinto de Sá destaca sobretudo “o papel que Évora teve na história de Portugal , até na Filatelia e esta evocação obriga-nos também a olhar para o futuro.”

O livro ontem apresentado, Os Ciorreios Portugueses, refere o Presidente da Autarquia Eborense “guarda as memórias colectivas dos selos de há 502 anos mas vai mais longe, evoca o período onde ainda não havia selos, havia marcas.”

Para o Edil estes dois volumes fazem “ um percurso desde os primórdios dos correios até aos dias de hoje” e são seguramente muito interessantes.


 


 

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Novembro 2022 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30